O Senado Federal é uma pornografia só. Ontem (29), por exemplo, na surdina, Romero Jucá (PMDB-RR) foi reconduzido à 2ª vice.

Jucá tinha saído da mesa do Senado para assumir o cargo de ministro do Planejamento, que, segundo as boas e más línguas, continua ocupando mesmo depois de defenestrado pelos grampos de Sérgio Machado (PSDB).

Depois de 12 dias no cargo, Romero Jucá caiu por que foi flagrado nos áudios que havia acertado com Supremo ‘parar a Lava Jato’ com saída de Dilma Rousseff.

O diabo é que o Senado agiu como que cumprisse parte que lhe cabia no pacto com o Supremo, e vice-versa, casando o aumento salarial com o retorno de Jucá.

A proposta de recondução obteve votos favoráveis de 42 senadores e 7 contrários. ParaCristovam Buarque (PPS-DF) e Lindbergh Farias (PT-RJ), a volta de Jucá à mesa é “inconstitucional”.

Para facilitar a vida de todos, que tal fingirmos que Jucá não é ministro de facto, Michel Temer (PMDB) não continua na mão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o STF não conspira para consumar o golpe?

Ah, faltou mais um fingimento: o governo provisório não acabará com a Lava Jato…


Esmael Morais
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: